Permissionários das Centrais de Abst´s de Ilhéus conseguem redução de tarifa

A Prefeitura de Ilhéus anunciou na tarde de quinta-feira (3), durante reunião realizada no Centro Administrativo, a redução do valor das taxas do metro quadrado dos boxes nas centrais de abastecimento da Urbis e do Malhado. O valor foi reduzido de R$ 10 reais para R$ 7, atendendo ao pleito dos feirantes locais.

A medida visou garantir o cumprimento do regulamento que ordena o funcionamento dos Mercados Públicos de Ilhéus. A alteração do valor atende a uma solicitação da Associação dos Feirantes do Malhado (AFM), também do Sindicato do Comércio Varejista dos Feirantes e Vendedores Ambulantes de Ilhéus (Sicovfamil) que representam cerca de mil permissionários ocupantes das centrais.

Compromisso com os trabalhadores – O chefe do Executivo Municipal explicou que a redução do valor irá contribuir para melhorar a condição de trabalho dos permissionários, e destacou que a atual gestão municipal continuará trabalhando para atender as reivindicações dos trabalhadores do município. “Assumi o compromisso de melhorar a vida de quem trabalha no município. E é isso que a nova gestão está fazendo, atendendo as reivindicações dos permissionários e melhorando as condições de trabalho”, disse o prefeito.

Na visão do titular da secretaria municipal de Indústria e Comércio (Sedic), Paulo Sérgio Santos, este acordo marca a reabertura do diálogo com a categoria e disse que desde quando assumiu a pasta, foi necessário realizar ações fiscalizadoras para entender as necessidades dos comerciantes. “No início de tudo, realizamos o mapeamento dos pavilhões com medição dos espaços e emissão do termo de permissão de uso. Sendo assim, a maior parte desta arrecadação será reinvestida em benefício dos feirantes e dos consumidores, resultando numa melhora significativa em nossas centrais”, argumentou.

A Sedic informou que os boletos bancários da taxa de ocupação, com o valor reduzido, já podem ser retirados no Setor de Tributos, localizado no Palácio Paranaguá, no horário das 12 às 18 horas e que os permissionários que possuem débitos anteriores, podem procurar o mesmo setor para retirarem seus boletos em atraso. Estes débitos serão computados de acordo com o valor em vigor, ou seja R$ 7 reais.

A reunião contou com a presença da deputada estadual Ângela Sousa; do secretário de Relações Institucionais, Sérgio Souza; do presidente do Sindicato dos Feirantes e Ambulantes de Ilhéus, Afonso Ramos da Rocha; do presidente da Associação da Central de Abastecimento do Malhado (Ascam), além de representantes dos feirantes de Ilhéus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *