Itau e Ceert lança programa de incentivo para estudantes negros; Inscrições vão até dezembro (15)

O Itaú Unibanco e Ceert lançam programa de incentivo para estudantes negras e negros de graduação universitária
Inscrições podem ser feitas até 15 de dezembro para concorrer a 30 bolsas de estudo em São Paulo (SP) e Salvador (BA).

O Itaú Unibanco e o Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (Ceert) lançam nesta quarta-feira (21) o Programa Prosseguir. A iniciativa vai oferecer 30 bolsas de estudo para estudantes de graduação pretos (as) ou pardos (as) e de baixa renda nas cidades de São Paulo (SP) e Salvador (BA).

O objetivo do programa é incentivar a permanência de pessoas pretas ou pardas nas universidades e contribuir para integração acadêmica e para ingresso no mercado de trabalho.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site www.ceert.org.br entre os dias 21 de novembro e 15 de dezembro.

Podem participar do Prosseguir universitários autodeclarados pretos ou pardos, que estejam vivendo em situação de vulnerabilidade socioeconômica e já possuam matrícula vigente em cursos presenciais de universidades nas cidades de São Paulo e Salvador (veja mais detalhes abaixo).

“O Prosseguir representa um passo importante para fomentar ambientes universitários mais diversos e igualitários, promover reflexões sobre ações afirmativas em universidades e proporcionar maior integração acadêmica”, diz Daniel Teixeira, do CEERT.

“O Programa Prosseguir foi pensado no sentido de estimular, de maneira prática, a permanência com qualidade desses jovens na universidade e, consequentemente, proporcionar uma atividade extracurricular remunerada que contribua para aumentar as condições de empregabilidade após o encerramento do curso”, diz Luciana Nicola, Superintendente de Relações Institucionais do Itaú Unibanco

A bolsa-auxílio oferecida terá valor mensal de R$ 600,00 para as pessoas contempladas. Para ter direito ao benefício, é preciso ter disponibilidade de 20 horas mensais para atividades extracurriculares de desenvolvimento profissional. Além disso, o universitário não pode participar de outros programas de bolsa de estudos.

O benefício será distribuído a partir de maio de 2019 por um período de 10 meses.

Como se inscrever

Acesse o site www.ceert.org.br e encaminhe os seguintes documentos:
· Cópia digitalizada do RG e do CPF
· Declaração de renda familiar, no momento da inscrição, conforme item próprio da ficha de inscrição.
· Declaração de pertença étnico-racial negra (auto classificados como “preto” ou “pardo”, conforme item próprio da ficha de matrícula).
· Cópia digitalizada do histórico escolar atualizado.
· Comprovante de residência.
· Vídeo de até três minutos, respondendo à pergunta: “Como esta bolsa pode fazer a diferença para seus objetivos acadêmicos e profissionais?”
· Redação de até 1,5 mil caracteres sobre a trajetória pessoal e acadêmica; e perspectiva de futuro quanto à carreira profissional.

Após o deferimento da inscrição, as candidaturas serão avaliadas pela coordenação do Programa para a entrevista dos candidatos com melhor desempenho acadêmico (histórico escolar), na resposta em vídeo e na redação.
O regulamento completo está disponível no site do CEERT (www.ceert.org.br).

Mário Cardoso

44 anos, Graduando em Letras pela Universidade Estácio de Sá, colaborador deste site, administrador dos grupos Ilhéus Empregos e Classificados Ilhéus X Itabuna no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.