Juiz Moro condena Ex-presidente Lula a 9 anos de prisão

O juiz Sergio Moro condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Entre as vantagens recebidas por Lula, segundo a acusação, está um apartamento tríplex no balneário do Guarujá, em São Paulo. A sentença anunciada hoje (12), é a decisão definitiva de Moro no processo em que o petista foi acusado pela Lava-Jato de receber propina da OAS,  que se alastrou nos anos seguintes  com contratos bilionários na Petrobras. Desde a Constituição de 1988, é a primeira vez que um ex-presidente do Brasil é condenado por corrupção.

Mas com essa condenação, não quer dizer necessariamente que ele não possa se candidatar á presidência em 2018, como muitos especialistas politicos apontam, porque cabe recurso, pois ele foi condenado em Primeira Instância e ainda não está inelegivel. Além disso, existe ainda mais 4 processos que pesam contra o ex-presidente, que ainda não foram julgados.

A noticia sobre a condenação de Lula gerou repercusão mundial. Sites de noticias como a Reuters, a inglesa BBC, a alemã DW, e as americanas Boomberg e NY Times, deram destaque aos seus noticiários sobre o tema.

Ao final da setença ao qual Lula foi condenado, O Juiz Moro escreveu: “Por fim, registre-se que a presente condenação não traz a este julgador qualquer satisfação pessoal, pelo contrário. É de todo lamentável que um ex-Presidente da República seja condenado criminalmente, mas a causa disso são os crimes por ele praticados e a culpa não é da regular aplicação da lei. Prevalece, enfim, o ditado “não importa o quão alto você esteja, a lei ainda está acima de você (uma adaptação livre de ‘be you never so high the law is above you’)”.

A setença completa, com 216 páginas, pode ser acessada através desse link.

Mário Cardoso

43 anos, Graduando em Letras pela Universidade Estadual de Santa Cruz, colaborador deste site, administrador dos grupos Ilhéus Empregos e Classificados Ilhéus X Itabuna no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *