Bahia: Casas lotericas em todo o Estado deixam de receber pagamento da conta de luz

As casas lotéricas localizadas na Bahia não recebem mais pagamento da fatura da Companhia de Eletricidade do Estado (Coelba). A medida passou a valer no dia 1º de junho e, conforme a empresa, foi tomada em virtude da não renovação do contrato da concessionária com a Caixa Econômica Federal.
Na última terça-feira (5), a reportagem da TV Bahia esteve em um ponto de pagamento da conta de luz, no bairro do Cabula, em Salvador. Por volta da 12h30, havia uma fila grande no local e muitas pessoas reclamando com a demora para realizar o pagamento, que antes podia ser feito em um das lotéricas da região.
Conforme a Coelba, as tentativas de negociação com a Caixa começaram em novembro de 2017, mas não houve acordo em relação ao reajuste de 50,5% no valor da tarifa por fatura arrecadada, o que, segundo a companhia, inviabilizou a manutenção do convênio de arrecadação.
Segundo a Coelba na Bahia, a população tem disponível cerca de 3.668 pontos para pagamento da fatura. Destes, 730 são da rede própria da concessionária, que tem previsão de ampliação até o fim do ano.
A Coelba informou, ainda, que, além de poder pagar as contas em pontos comerciais como farmácias, mercadinhos e papelarias, os clientes dispõem também de toda a rede bancária e correspondentes bancários. A empresa também disponibiliza a possibilidade de quitação das faturas on-line, pelo site, aplicativo Coelba ou por meio de débito automático, sem a necessidade de deslocamento do cliente.
Em Ilhéus, de acordo com o próprio site da Coelba, apenas dois locais credenciados em toda cidade estão autorizados  para receber pagamentos, uma no centro e outro na zona sul, no bairro Nelson Costa. Itabuna, sempre na vanguarda, tem 7 locais disponíveis. Para consultar os locais credenciados e os endereços  mais próximos para pagamento da conta de energia, em cada cidade, o cliente pode acessar o site da Coelba.
*Com informações do G1 / BorgFmAovivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.