Cabo da PM baiana é presa depois de tentar agredir comandante

Uma cabo da Polícia Militar lotada na Companhia Independente de Policiamento Rodoviário (CIPRv), de Itabuna,participou na manhã desta quinta-feira (19) de uma audiência de custódia depois de tentar agredir seu comandante. O caso aconteceu na cidade onde ela é lotada.

A cabo, que não teve o nome divulgado, tentou agredir seu superior, de acordo com a PM, durante uma reunião interna que acontecia na segunda-feira (16), na companhia, para tratar de assuntos referente aos serviços de policiamento.

Desde então, ela permanece detida em uma cela individual da ala feminina do 12º Batalhão da PM, que fica na cidade de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS), para onde foi encaminhada logo após ser autuada em flagrante.

Ainda de acordo com a PM, ao tentar agredir o comandante, a cabo foi contida por um subcomandante que também estava presente na reunião. Não há informações, no entanto, do que teria causado a tentativa de agressão.

“Diante do desequilíbrio emocional da militar, a CIPRv empreende esforços para prestar auxílio psicológico e psiquiátrico necessário junto ao Departamento de Promoção Social (DPS) da Corporação”, disse, em nota, a PM.

Segundo o que o Correio pode apurar, ainda não há informações se após a audiência na Justiça ela foi liberada ou segue presa.

*Com informações do Correio 24Horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.