Ilhéus: Delegacia da Mulher registra 324 boletins de ocorrência nos primeiros meses do ano

Nesta sexta-feira, 8, foi comemorado o Dia Internacional da mulher. É comum nesta data que as homenageadas recebam mensagens, presentes e flores. Algumas aproveitam o momento para protestar ou ainda convidar homens e mulheres para a reflexão de um tema muito importante: a violência doméstica.

Apesar do empenho dos órgãos de segurança, o número de mulheres violentadas por todo o mundo é alarmante. Em Ilhéus, de janeiro deste ano até o dia 7 de março, 324 boletins de ocorrência já foram registrados na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher. Entre os boletins contabilizados nos primeiros meses há: ameaça(86), lesão corporal(57), injúria(27), vias de fato (16), difamação (10) e estupro (8).

Em 2018 foram 1598 ocorrências registradas em nosso município, destacando 644 ameaças, 417 casos de lesões corporais e 62 estupros. Vale ressaltar que os números apresentados podem ser ainda maiores, já que muitas mulheres movidas pelo medo, ainda não denunciam seus agressores.

De acordo com uma pesquisa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 50% das mulheres que já sofreram algum tipo de agressão não procuram socorro.

São classificadas como violência doméstica: violência física, psicológica, sexual, patrimonial ou moral contra a mulher.

Em Ilhéus a Delegacia da mulher está localizada na Av. Litorânea Norte, n° 6, Malhado. O telefone para contato é o 3234-5275. Lembramos que qualquer pessoa pode denunciar, sendo vítima, familiar, amigo ou testemunha de violência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.