Ilhéus: Morre Hans Tosta Schaeppi, exemplo de pioneirismo

Faleceu na madrugada dessa quarta-feira, dia 16, Hans Tosta Schaeppi, pioneiro na produção de chocolate de origem em Ilhéus. Em 1985, ele fundou a primeira fábrica do gênero do nordeste, a Chocolate Caseiro de Ilhéus. Seus planos mais recentes almejavam expandir a comercialização do produto para a China. Hans tinha 90 anos de idade e também era membro da Academia de Letras de Ilhéus. O enterro acontecerá nessa quinta-feira, dia 17, às 11h, no Cemitério Campo Santo (sala 02), em Salvador. Às 10h30, haverá uma missão no mesmo local.

Em nota, a Prefeitura de Ilhéus se pronunciou sobre a morte do Empresário:

“O prefeito do município de Ilhéus, Mário Alexandre Sousa, e o vice-prefeito José Nazal Soub, manifestam, por meio desta, profundo pesar pelo falecimento empresário HANS TOSTA SCHAEPPI, aos 91 anos, ocorrido nesta quarta-feira, dia 16, em Salvador. Engenheiro, jornalista e escritor, HANS SCHAEPPI, era um vanguardista e foi um dos maiores empreendedores no município na contemporaneidade, tendo sido responsável pela construção dos Edifícios Santa Clara e Kauffman. Pioneiro, Schaeppi foi um abnegado defensor do turismo e da indústria local do chocolate, um cidadão verdadeiramente apaixonado por Ilhéus. A sua personalidade muito influenciou o ideal ilheense, estando em essência nas nossas mais marcantes aspirações. Nesse momento de imensa dor para todos, externamos o nosso sentimento de solidariedade aos seus familiares e amigos”.

*Com informações do site O Tabuleiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.