Novos ônibus da São Miguel com ar e Wi-Fi já estão a caminho de Ilhéus.

Já estão à caminho de Ilhéus, os dez novos ônibus da empresa São Miguel que se integrarão à frota da empresa, para atender melhor o transporte público do município. A compra destes ônibus faz parte da exigência estabelecida em decreto municipal que, para conceder o reajuste da tarifa, no final do ano passado, a Prefeitura determinou que as duas empresas concessionárias do serviço, adquirissem 20 ônibus zero quilômetro, com ar condicionado e wi-fi gratuito para atender a população. Desde 2015 a frota de Ilhéus não passava por um processo de renovação.

Os ônibus deixaram em comboio o município de Botucatu, interior São Paulo, onde estavam sendo montados. A previsão é de chegada a Ilhéus no início da próxima semana, de acordo com o representante da empresa, Josemir Dias. Os ônibus trarão o brasão oficial do município e a denominação “Cidade de Ilhéus”. Tradicionalmente, a frota da São Miguel é na cor branca. Mas os novos ônibus trarão a tonalidade azul, em homenagem ao perfil litorâneo do município. Em breve eles se integram aos 10 novos carros adquiridos pela Viametro, a outra concessionária do sistema, que já circulam com sucesso pela cidade.

Mais ações – Para mais qualidade no sistema de transporte público de Ilhéus, a Prefeitura vai além do processo de renovação da frota, cuja média é de cinco anos de uso. Por conta de novas exigências, as empresas contrataram uma consultoria, que avalia o modelo do sistema implantado há décadas no município, quando este tinha uma população bem menor que a atual. O especialista e engenheiro de trânsito Marcos Nerbass passou a conhecer o funcionamento do sistema e após quatro meses de estudo, definiu o serviço como “irracional, desconectado e com graves problemas”, apesar de uma boa cobertura e uma acessibilidade ruim.

Transparência – O vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal que também ocupa a secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, observou que a qualidade do transporte público tem influência direta em outros aspectos da vida dos cidadãos. “Quando o assunto é a qualidade no serviço de transporte público, será preciso avançar na melhoria do serviço prestado à população, evitando assim a demora nos pontos, resultando em ônibus lotados”, opina. Nazal afirma que após concluídas todas as etapas científicas dos estudos, serão promovidos encontros com a comunidade de cada bairro, no intuito de discutir o novo sistema com os usuários do transporte público.

Nota do IEP: Anteriormente, tanto aqui no Ilhéus em Pauta como em muitos  meios de comunicação da cidade, a informação que se tinha era de que o prazo iria até o dia 21 de fevereiro, que daria exatamente 60 dias, estabelecido no decreto publicado em Diário Oficial pela Prefeitura de Ilhéus. Entretanto, de acordo com explicações oficiais, este só passou a ser contabilizado a partir do dia 30 de dezembro de 2017 (quando de fato aumentou a passagem para R$ 3,50). Sendo assim, passando o prazo a encerrar em data diferente, ou seja no próximo dia 02 de março. Em tempo recorde (sic), a Viametro apresentou a sua frota, cumprindo a sua parte.  Pelo caminho mais curto, segundo o Google Maps, a distância entre Botucatu (onde estão os ônibus) e  Ilhéus é de R$ 1795 quilômetros.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.