O programa Enfoque desta terça-feira (20)abordou o tema depressão

Hoje (20) no Programa Enfoque foi abordado um tema bastante sério e delicado: Depressão na adolescência. Foram recebidas ao estúdio da Ilhéus FM 105,9  a psicóloga Isis Sodré , Micheline Arouca e a adolescente ilheense Sofia Arouca, que gravou um vídeo falando sobre o assunto em seu canal no YouTube e está repercutindo nas redes sociais. O programa que tem transmissão de segunda a sexta na emissora, sempre às 16 horas, abordou o tema com seriedade e leveza, o que ajudou na fluidez dos convidados, que de forma franca, relatou suas experiências e desafios para enfrentar esse mal, que é mais comum que imagina.

Tendo à frente as comunicadoras Luciana e Livia Carvalho, conversaram com a Sofia, que inclusive tem um canal no Youtube, falou do tema abertamente pois ela passou por esse processo e viu através da postagem, uma forma de abordar o tema e inspirar outros a lutar contra esse mal.  “Eu passei por isso e ví várias pessoas sofrerem com isso, e pensei nisso como uma forma de ajudar as pessoas e isso foi um dos motivos que me inspirou a fazer, porque eu já sabia como é que era e queria ajudar as pessoas a saírem dessa fase.” – comentou.

E de fato, não é uma situação que devo ser visto como “frescura”, como ela mesma relata: “Primeiro porque já passei por isso, e ouço muito falar que depressão é uma forma de chamar a atenção e acho que é o contrário: É uma forma de pedir ajuda”, relata,  com a maturidade incomum para a idade. Ela também foi além: Como na escola que ela estuda tem colegas que passam por essa mesma situação, ela aconselha e ajuda essas pessoas, ou a não praticar ações que marquem negativamente a vida desses jovens.

Já a psicóloga viu com muita positividade a atitude da adolescente. “As pessoas falam sem conhecimento de causa…ela procurou saber…a depressão hoje em dia é muito falada e é confundida por outras doenças. Eu achei super importante as impressões da Sofia” – disse.

A mãe, Micheline Arouca, deu suas impressões sobre o tema: “Foi bem sutil no inicio e tive dificuldades de perceber, e quando temos filhos menores, damos mais atenção a eles e aos mais velhos, temos a visão que são independentes. Comecei a perceber que ela não se alimentava direito, estava com dificuldade na escola e nos exercícios, e na escola vi que algumas amizades não estavam “legal” pra ela…tentamos pontual algumas ações e não precisamos ir ao psicologo porque a resgatamos, com muito amor…” – relata, com muita emoção.

E de fato, é um choque para os pais, que em muitos casos se veem sem ação, o que facilita erros de julgamento. O apoio de um profissional referenciado no assunto ajuda e muito na evolução e resgate dessa criança ou adolescente ao mundo real.

A todo momento que o assunto se aprofundava, a emoção tomava conta do estúdio.  E uma pergunta de um ouvinte à mãe, “até onde seria o limite de uma mãe que luta para que seu filho saia dessa situação”, conclui a entrevista com chave de ouro: “Hoje vou enfrentar com unhas e dentes e garras bem afiadas qualquer um que venha fazer mal a minha filha e pessoas próximas a mim, porque vi acontecer  com a minha filha, que está entrando na adolescência, que é uma fase bem complicada, com os hormônios em ebulição e lidando com uma situação tão séria como essa” – falou.

Ao fim, a mãe parabenizou o Programa Enfoque pela iniciativa e que mais pessoas sejam impactadas e que possam ajudar seus filhos. Sofia finalizou pedindo aos jovens que falem com seus pais quando sentir algo diferente; que não fechem, procurem ajuda. Quanto mais feliz, menos a possibilidade de ficar influenciado. Por ser dia mundial da felicidade, que isso se multiplique.

A live do Programa  feita pelo Facebook, o primeiro, segundo e terceiro blocos, podem ser assistidos clicando nas palavras em destaque.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.