Plantonista do Hospital São José nega atendimento a gestante segundo familiares; Criança corre risco

Chegou às 13h14min  desta terça (27) na redação do Ilhéus em Pauta a informação que uma gestante com 9 meses de gravidez, apresentando dores intensas tentou dar entrada no Hospital São José, centro da cidade  e foi negado o internamento. Segundo informações, uma médica (Familiares prefere não divulgar nomes)  que está acompanhando todo o pré natal, ao fazer uma avaliação da paciente, orientou sobre a necessidade de encaminhar ao Hospital, por a mesma apresentava muitas dores e uma cesariana foi recomendada.

Quem reportou a situação ao site foi o esposo, Rafael Santos de Jesus, 22 anos, morador da Barra do Itaipe – zona norte de Ilhéus. Ele relata que sua esposa,  Crisnanda de Jesus Fontes, de 21 anos,  se queixa de muitas dores, principalmente na linha da coluna e dores abdominais,  decorrente da posição em que o bebê se encontra, que está “de lado”, segundo a gestantes devido  as dimensões da criança que pesa aproximadamente 3 quilos o parto não pode ser normal.

A mãe, via WhatsApp, relata, indignada,  que há 7 dias passa esse ciclo de dores e que por 3 vezes já esteve no Hospital São José em busca de atendimento, mas sempre é orientada a voltar, mas as dores sempre voltam. De origem humilde, não tem condições de ser deslocar entre hospitais de postos de saúde em busca de ajuda, nem dispõe de condições financeiras para comprar os remédios para arcar com isso.

Os familiares, ao encaminhar o pedido de internação, um médico plantonista não identificado fez uma avaliação da paciente, e informou  que “não faria o parto”, dispensando a gravida logo em seguida.

A família ainda informa que no setimo meses de gestação, a mesma apresentou dores e se dirigiu ao mesmo Hospital em busca de atendimento. Lá, foi informada por um plantonista que “que lá não é lugar de prematuros, e que se quisesse, que fosse para Itabuna”, cidade a 40 km de Ilhéus.

O Ilhéus em Pauta tentou por telefone manter contato com a direção do hospital  São José para saber  a versão deles para o episódio, , sem sucesso.

Lembrando que isso é um caso de um procedimento inadequado de um profissional de saúde e nada tem a ver com o caos que a saúde do município, porque o site está se baseando na informação dada por familiares. O hospital está com espaço garantido no site para dar a sua versão do fato ou esclarecimentos, se for o caso.

O Ilhéus em Pauta está torcendo para que esse impasse se resolva. A família necessita de ajuda.

Atualização às 15:34 horas – A família retornou ao São José, devido as fortes dores da gestante aguardando atendimento. Ás 15:48 horas, a gestante foi novamente orientada a voltar para casa. O marido, preocupado com a situação da esposa disse que vai tomar as providencias cabíveis.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.