Quando apenas estudar em escola boa não basta…

Não é passível de questionamento a qualidade ensino promovido pelas agora conhecidas escolas militares, que junto com as particulares, são as exceções à regra no conturbado cenário educacional do pais.

Óbvio, existem escolas públicas onde diretores e corpo docente fazem um esforço sobre-humano e seguem passando por cima de toda e qualquer adversidade, usando principalmente a criatividade e boa conversa. Mas sabemos que isso só não credencia os alunos a seguirem os exemplos. Claro, em todo lugar existe quem quer fazer a diferença e quem apenas habita esse plano terrestre, sem saber de fato qual a sua função no mundo.

Isso vale também para educação. Não aquela dado em sala de aula, com giz, cadernos e gente disposta a transmitir conhecimento e sim, a educação do dia a dia, a gentileza e bom senso.

Foi flagrado e postado hoje (25) no perfil do Facebook Ilhéus da Depressão, a imagem de alunos do CPM (Colegio da Policia Militar) da zona sul, mostrando o que não deve nunca ser feito em ambiente público. É óbvio que não se pode macular o comportamento de todos por uns poucos, mas o caso é recorrente.

Reprodução

Fora a algazarra, gritaria e outras situações tanto quanto inaceitáveis, a linha 60 (Centro X São Miguel) que pega os alunos que moram na zona norte e vai em horários determinados com essa finalidade, eles sentam em lugares destinados a idosos e portadores de deficiência, e como isso já não bastasse pela forma como se assentam, podem contribuir ainda mais com a já precária manutenção do nosso transportes coletivo local.

Claro, isso vai além da educação dada em sala de aula, o que não se questiona, mas a falta de educação aplicada por esses poucos, que vai além dos muros da escola, não se alcança. Fica o lembrete para que a educação que se é aprendida em sala de aula, seja externada a mais lugares, o que inclui o transporte coletivo. E claro, fica o espaço para questionamentos pela Instituição se assim julgar necessário, ou quem queira se manifestar.

*Créditos: Ilhéus da Depressão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.