Em semana decisiva, parceria entre Colo Colo e CVL aumenta a tensão

Na reta final da fase de classificação da Serie B do Campeonato Baiano, o Tigre ilheense está envolto em tensões graves envolvendo o clube e empresa parceira. Na ultima semana os boatos já eram de que os atletas não estavam recebendo nem a alimentação adequada para a realização das atividades regulares. Foi divulgado por pessoas ligadas ao clube que os 22 atletas estavam tendo dificuldades em se manter.

Na ultima partida,  um grupo de torcedores se mobilizou para auxiliar na refeição para os atletas terem condições mínimas de entrar em campo. A situação se agrava ainda mais, uma vez que, os jogadores não estavam recebendo os salários de acordo com o que foi previsto em contrato e agora, nenhuma quantia tem sido repassada à eles.

Em nota no perfil do clube no Facebook, a situação foi explanada de forma bastante clara.

Bom como devem perceber está ocorrendo um declínio na equipe essa semana. Isso se resume a falta de pagamento de salários dos jogadores que seria custeado pela empresa que era representada (por) Kathllen Ribeiro. Por algum motivo a mesma sumiu por semanas. A mesma possui a folha de pagamento em mãos que não repassou a ninguém, dificultando também o pagamento do mesmo.Jogadores explanam que ao chegar ao clube idealizavam o salário acordado entre empresa e jogador, entretanto no primeiro mês o salário era bem menor que o acordado. O presidente juntamente com alguns torcedores, vereadores e outros estão correndo atrás do que foi falhado pela pessoa que se dizia “gestora” da CVL. Já foi conversado com os atletas ontem e novamente hoje. Proprietários da CVL entram em contato afirmando que vão quitar o combinado.Torcedores ilheenses merecem explicações e o Colo Colo merece respeito.

O Tigre tem compromisso importante no próximo sábado, em Salvador, onde o Colo Colo enfrenta o PFC Cajazeiras, no estádio Pituaçu, às 17 horas. Para se classificar, o time ilheense precisará vencer os donos da casa e torcer contra o Atlético de Alagoinhas na partida diante do Jequié.

Paulo Costa

Técnico em informática, graduando em Administração pela Faculdade Madre Thais, tem vasta experiência em Gestão de Mídias Sociais, foi repórter e promotor de eventos pelo site Ilhéus Virtual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.