Confirmado: Salva-vidas acabam de declarar greve

Após assembleia realizada na sede do SINSEPI nesta quarta-feira, 20, os salva-vidas de Ilhéus resolveram entrar em greve.
De acordo com informações na matéria publicada ontem, aqui no Ilhéus em Pauta, o posicionamento da categoria é reflexo do não-cumprimento do acordo que foi publicado no diário oficial no 13 deste mês.  O documento não foi enviado para a câmara de vereadores.

O SINSEPI pediu em caráter de urgência que o acordo coletivo que foi publicado dia 13, fosse encaminhado a câmara para votação, até o dia 19, caso contrário, haveria uma paralisação.

Quando publicamos a reportagem ontem, um leitor do Ilheus em Pauta nos enviou uma mensagem via WhatsApp: “Existem 79 pessoas aptas para exercer a profissão, sendo que o concurso possuía 19 vagas e até agora nenhum dos aprovados foram nomeados para os cargos. Só para você ter uma ideia, já foram 4 óbitos por afogamento em 3 meses e ainda nem começou o verão de verdade.”

Como lembramos nesta terça-feira, essa é a época do ano em que Ilhéus mais necessita desses profissionais, já que a quantidade de banhistas aumenta consideravelmente com a chegada dos turistas e o número de salva-vidas que já é reduzido torna-se ainda mais insuficiente. Destaca-se também todas as revindicações feitas desde o início do ano pelos mesmos e muitas ainda não foram atendidas.

 

3 comentários em “Confirmado: Salva-vidas acabam de declarar greve

  • dezembro 20, 2017 em 10:55 am
    Permalink

    Bom dia !!
    Parabéns pela cobertura dessa matéria !!
    Realmente os gestores da cidade de Ilhéus estão negligenciando os fatos , pessoas estão morrendo afogadas e nada foi feito para evitar que outras ocorrão. Para uma cidade que tem como forte o turismo isso é um completo descaso, que segurança a prefeitura oferece ao turistas que visitam a cidade e suas belas praias ? Praia boa e segura é praia com salva vidas!!
    Acorda prefeito!!

    Resposta
  • dezembro 20, 2017 em 11:17 pm
    Permalink

    Parabéns pela greve! O secretario de administração não convocou os aprovados porque não quis. Não só os salva vidas quantos os guardas municipais. Dinheiro tem, porque senão não estaria pagando milhões de reis de horas extra.

    Resposta
  • dezembro 26, 2017 em 1:27 am
    Permalink

    Um absurdo o descaso com esses profissionais. O número está reduzido e não tem Jet ski para trabalharem. São profissionais iluminados e extremamente necessários para nós.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.