EMPOSSADA A NOVA DIRETORIA DA APEDFI / ILHÉUS.

Diante do desmonte do SUS, nós pessoas com doença falciforme não vamos e não podemos desistir. Os movimentos sociais serão resistência. A nossa dor é o que nos move e a doença falciforme não é uma doença rara como querem classificar e sim, a doença hereditária mais comum no Brasil. Porém, por ter maior incidência na população afrodescendente mata impiedosamente por conta da falta de compromisso de gestores e da ingerência dos profissionais de saúde.


A APEDFI mostrou hoje que é possível continuar na luta, elegeu nova Diretoria formada por pessoas aguerridas e que acreditam no porvir.
Nossos agradecimentos a todos os envolvidos em especial a Yolando Souza e ao vereador Makrisi que incorporou a nossa causa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.