Estruturação da saúde em Ilhéus está garantida, segundo o Governador Rui Costa

Durante visita realizada hoje, 19 de janeiro, à cidade, o governador da Bahia, Rui Costa, declarou, ao lado do vice-prefeito José Nazal Soub, que o Estado vai garantir todo o apoio para a estruturação do sistema de saúde no município de Ilhéus. Além de construir uma UPA – Unidade de Pronto Atendimento, até o final do ano, e transformar o hospital Luiz Viana em unidade materno-infantil, ele disse que apoiará o Município na instalação de dois PAs (Pronto Atendimento) e na reabertura das unidades de atenção básica.

“Nossa equipe, da secretaria de Saúde (Sesab), está dialogando com o município com esses objetivos”, afirmou Rui Costa. Segundo o governador, um hospital com a complexidade do Regional da Costa do Cacau, recentemente inaugurado, “com aqueles equipamentos sofisticados, é para salvar vidas humanas. Atendimentos de rotina, de pessoas que estão eventualmente com unhas encravadas, com pequena febre, com uma diarreia, devem ser feitos nos postos de saúde ou nas unidades de pronto atendimento”, explicou.

Costa disse que “o Estado está apoiando o município para abrir as unidades de saúde e também para instalar dois PAs Pronto Atendimento, e nós vamos ceder pessoal do Estado (médicos, profissionais, enfermeiros) gratuitamente ao município, para que possa fazer funcionar esses postos de saúde”, acrescentou.

De acordo com o governador, após a obra de reforma do Hospital Luiz Viana Filho, o município vai contar com duas novas unidades hospitalares. “E eu vou apresentar pra vocês um vídeo, imagens, de como ficará o novo Hospital Luiz Viana, que passará a ser uma unidade materno – infantil, com alta qualidade, para atender à região inteira. Portanto, Ilhéus passará a contar com dois hospitais de referência, de grande qualidade, que é o novo hospital Costa do Cacau, e o hospital materno infantil. E até o final do ano, contar com a UPA (Unidade de Pronto Atendimento)”, enfatizou.

Com essas providências, o governador acredita que o serviço de saúde de Ilhéus será requalificado. E pondera: “é evidente que toda transição é um momento difícil; é como você fazer uma reforma em sua casa. Não tem jeito, você tem que pintar as paredes, vai ter poeira, ou se você vai construir ou ampliar, também vai ter um período de transição. E nós estamos vivendo esse período de transição.”

Rui Costa arremata: ”Mas tenho certeza que, ao final desse processo,até o final do ano, nós teremos um novo sistema de saúde em Ilhéus, mais qualificado, e a população com absoluta certeza terá todo o apoio nessa área”. Para ele, Ilhéus viverá uma nova realidade como referência regional em Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *