Ilhéus: SEMA esclarece sobre corte de árvores na Zona Sul

Em resposta a nota publicada no site Petição Pública no último dia 7 de agosto, cujo abaixo-assinado em repúdio ao corte de 23 árvores plantadas às margens da BA-001, Ilhéus-Una (entre os km 1 e 2), endereçada ao prefeito Mário Alexandre e ao secretário de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo, Jerbson Moraes, a Superintendência do Meio Ambiente esclarece que as árvores ‘marcadas’ não serão totalmente suprimidas, parte delas serão podadas.

A iniciativa conjunta, que conta com o apoio das secretarias municipais de Infraestrutura (Seinfra) e Serviços Urbanos (Secsurb) participam, faz parte do projeto de requalificação da Orla Sul, que visa o ordenamento urbanístico do lugar. O setor salienta ainda que a via possui uma rede de macrodrenagem que se encontra danificada por conta das raízes de algumas árvores, que infelizmente serão suprimidas.

Mediante vistoria técnica prévia, o Município mantém o máximo de cuidado para atingir o mínimo possível dessas árvores. Contudo, as que foram selecionadas, já provocaram danos substanciais, e podem causar acidentes com proporções ainda maiores. Neste caso, haverá substituição das árvores, com ação de plantio de mudas em alguns pontos já iniciados.

As árvores que serão plantadas fazem parte do projeto de arborização urbana, com mudas de espécies nativas da Mata Atlântica. A ideia é ter o maior número de diversidade possível. É importante esclarecer que toda e qualquer ação de supressão vegetal (corte ou poda de árvore), sem autorização, configura-se em crime ambiental, passível de punições previstas em lei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.