Ilhéus: uma cidade às escuras

A iluminação pública é um serviço essencial e desempenha papel fundamental para o bom funcionamento de uma cidade. A manutenção precisa ser frequente para que o sistema ofereça segurança e conforto, principalmente para aqueles que transitam nas ruas à noite e é por isso que em Ilhéus,  a escuridão em diversos locais está preocupando a população.

A equipe do Ilhéus em Pauta recebeu mensagens de moradores de diversos bairros, insatisfeitos com a situação da iluminação pública na cidade. São inúmeros pedidos de substituição ou reposição de lâmpadas. Praças, ruas e avenidas estão em situações precárias, onde predomina a escuridão, impedindo o aproveitamento de espaços públicos, bem como a prática de atividades físicas ao ar livre à noite. Além disso, a falta de luz está contribuindo para o aumento de acidentes e da criminalidade em toda a cidade.

O medo tomou conta das pessoas, que estão evitando passar por diversos locais para não serem assaltadas e em alguns bairros são os próprios moradores quem providenciam as lâmpadas. Marta Moreira, proprietária de uma pousada no bairro do Pontal, desabafa “A iluminação na Rua 13 de maio é péssima. No mês de abril veio uma taxa de iluminação pública no valor de R$158,00 e a rua escura, porque as lâmpadas são de péssima qualidade”.

Confira alguns locais citados pelos nossos leitores: Loteamento Santo Antônio de Pádua (Próximo à Faculdade de Ilhéus), Tapera,Ladeira do Alto do Coqueiro, Jardim Savóia, Cidade Nova, Pacheco, Av. Itabuna, Rua Lusitânia, Teresópolis, Av. Litorânea Norte, Rua 13 de maio, Travessa Bandeirantes, Rua Bento Berilo, Av. Esperança (imediações do Colégio Modelo) e Rua Ana Neri.

Aguardamos um posicionamento da Secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb), notificando a empresa terceirizada responsável pela prestação de serviços de iluminação na cidade, para que sejam tomadas as providências necessárias, promovendo um serviço de manutenção eficiente.

 

2 comentários em “Ilhéus: uma cidade às escuras

  • Abril 29, 2017 em 1:39 pm
    Permalink

    Com relação a iluminação da cidade eu também tenho muitas queixas. Quem viaja Brasil a fora reconhece que Ilhéus é uma das cidades com pior serviço de iluminação pública que existe. Basta um simples olhar pro alto para identificar o péssimo serviço prestado a população. Os fios são verdadeiros engodos, bambiarras, amarrações grosseiras e sem menor critério, as lâmpadas são do século passado, amarelas, antigas e ultrapassadas, os postes não tem padrão, fora a escuridão total que tira a paz dos cidadãos ilheenses. E o valor de contribuição de energia não pára de chegar. Ou seja! Descanso por parte de todo mundo, sobretudo da gestão municipal que até hoje, passados 100 dias de governo, não disse a que veio.

    Resposta
  • Abril 29, 2017 em 2:41 pm
    Permalink

    Excelente iniciativa da reportagem. Sabemos que o problema é antigo mas a nova gestão já teve tempo suficiente para sanar esse problema.
    Não acho justo pagarmos e não termos um serviço a altura.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *