Itabuna: Nestlé fecha linha de produção e mais 28 perdem o emprego

A unidade da Nestlé na cidade de Itabuna desativou uma das três linhas de produção do achocolatado Nescau 200ml e demitiu 28 trabalhadores na última segunda-feira, (31). A linha era de alta performance e produzia em média, por hora, 24 mil litros do produto Nescau líquido em caixinha.

Em 2014, a multinacional do ramo de alimentos finalizou produção de leite em pó Ninho em Itabuna, que produzia uma média de 60 mil litros de leite em pó, diariamente. A unidade foi transferida para Minas Gerais, e na época, tal notícia levou preocupação a vários setores da economia. Com esse remanejamento, 180 postos de trabalho foram perdidos com demissões nos últimos quatro anos em Itabuna, conforme o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação (SindAlimentação). Em entrevista ao Blog do PIMENTA, o diretor regional da entidade, Eduardo Sodré, cobra maior envolvimento dos governos estadual e municipal para evitar que a unidade itabunense “feche de vez”. Desde 2014, a partir das pressões do sindicato e dos funcionários, foram realizadas audiências públicas e reuniões no Governo da Bahia. “Sem a mobilização dos governos, Itabuna perderá de vez a unidade da Nestlé”, relatou o líder sindical.

Em nota enviada ao Blog do Pimenta, “A Nestlé Brasil informa que está promovendo uma reestruturação em sua unidade de Bebidas em Itabuna (BA) para adequar o volume de produção à atual demanda do mercado e, a partir de hoje (01/08), desativa uma de suas linhas de produção por tempo indeterminado. A empresa esclarece que não tem planos de encerrar a operação da unidade, onde está presente há mais de 35 anos, e que a planta prossegue em atividade. A decisão foi tomada em função da consistente retração da categoria de Achocolatados Líquidos que, nos últimos 3 anos, apresenta retração acima de 15%, de acordo com dados apurados pela Nielsen no Brasil. A diminuição das vendas desse tipo de produto tem sido ainda mais relevante no Norte e Nordeste, impactando diretamente a unidade de Itabuna, responsável pelo abastecimento dessas duas regiões.

Em relação aos desligamentos que se fizerem necessários nesse processo, a empresa cumprirá com todas as suas obrigações juntos aos seus Colaboradores e familiares bem como oferecerá suporte e pacotes com benefícios adicionais. Mesmo com a retração observada nessa categoria de Bebidas, a Nestlé vem realizando constantes investimentos na unidade de Itabuna, que recebeu R$ 35 milhões desde 2016, para melhoras de tecnologia e infraestrutura. Também tem tomado uma série de medidas para incrementar o consumo produzindo, por exemplo, embalagens promocionais e novos conteúdos de marketing. Da mesma forma, a companhia vem investindo de forma consistente no Estado da Bahia, em virtude de sua relevância nos negócios, onde, desde 2007, também opera uma moderna unidade multiprodutos em Feira de Santana, responsável pelo abastecimento de produtos de diversas categorias para a região Nordeste”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *