Mulheres se unem para lançamento de banda autoral feminina em Ilhéus, dia 28

Na próxima sexta-feira, 28, estreia “Eloah e A Banda Quente” em Ilhéus, grupo autoral independente de mulheres afro-brasileiras que celebra a continuidade do seu trabalho autoral. O show de lançamento será às 17h, na Praça Dom Eduardo (Praça da Catedral), e marca o nascimento de uma sonoridade genuinamente sul-baiana e protagonizada por mulheres musicistas desde o seu nascimento. A apresentação é gratuita e aberta ao público. O repertório é formado por 15 composições de Eloah Monteiro arranjadas em parceria com a Banda Quente, sendo 4 dessas canções parcerias entre a cantora e outros compositores, e uma não autoral, uma versão de Dindi, canção de Tom Jobim. Além de Eloah Monteiro (voz e violão), fazem parte da Banda Quente, Izadora Guedes (pandeiro, flautas e efeitos) e Ticiana Belmonte (Octapad eletrônico, percussão e efeitos).

Outro ponto marcante desta produção, que segundo sua Diretora Artística, Izadora Guedes, “é um presente para a cidade de Ilhéus”, é ter entre artistas convidados, parceiros e colaboradores, um coletivo massivamente feminino e em sua maioria, trabalhando sem apoio financeiro, justamente por acreditar na mensagem que “Eloah e A Banda Quente” carrega.

Um dos principais objetivos da Banda Quente, além de fomentar e difundir a música que o mesmo compõe e desenvolve, é anunciar a consolidação da única banda autoral exclusivamente feminina da cidade. Segundo Ticiana Belmonte, Diretora Musical do trabalho e percussionista, “a sonoridade da Banda Quente se caracteriza pela diversidade de ritmos que utiliza para transitar entre temas emblemáticos do universo feminino contemporâneo, tudo isso acrescido da versatilidade estética da intérprete e compositora que Eloah Monteiro representa e da inventividade e swing múltiplos de Izadora Guedes”, conclui.

O concerto conta com Evani Tavares (atriz e professora de Artes da UFSB) na Direção Cênica e tem figurino assinado por Raquel Prudente, figurinista grapiúna com mais de 20 anos de experiência. Terá também o auxílio luxuoso de musicistas já consagradas em Ilhéus, como Gabriela Maja, Laís Marques, Thaynan Rodrigues, Josy Damasceno, Júlia Silva e Carol Silva. Além disso, a participação do Balé Afro Gongombira, que tem a direção de Neide Rodrigues, e dos descendentes de Eloah e Ticiana, as crianças Caetano Monteiro e Pedro Luca.

O show de lançamento de “Eloah e A Banda Quente” está confirmado e será na sexta-feira, 28, às 17h, na Praça da Catedral – Ilhéus/BA. É indicado para todas as idades, apreciadores da música autoral, e costuma provocar maior identificação entre as mulheres. Uma produção independente realizada pelo Criadouro Soluções Culturais com o apoio da Secretaria de Cultura de Ilhéus, Papirus Livraria, Grupo Cultural Dilazenze, Organização Gongombira de Cultura e Cidadania, Agenda Grapiúna, Blog Agravo e C3 Comunicação Visual.

 

 FICHA TÉCNICA:

Voz, violão e composição – Eloah Monteiro

Octapad eletrônico, percussão e efeitos – Ticiana Belmonte

Pandeiro, flauta e efeitos – Izadora Guedes

Direção Musical – Ticiana Belmonte

Direção Artística – Izadora Guedes

Direção Cênica – Evani Tavares

Artistas Convidadxs –  Gabriela Maja, Laís Marques, Caetano Monteiro, Pedro Luca, Josy Damasceno, Júlia Guedes, Thaynan Rodrigues, Balé Afro Gongombira e Carol Silva.

Coreógrafa do Balé Afro – Neide Rodrigues

Maquiagem – Guto Pacheco

Figurino – Raquel Prudente

Colaboradoras – Letícia Santana e Ana Cristina Monteiro.

Produção Executiva – Eloah Monteiro

Assistente de Produção –

Identidade Visual – Ione Maria

Roteiro, Conceito e Arranjos – Coletivos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.