Novembro Azul: Diabetes afetando a visão

Nesta quinta-feira (30) ultimo dia do mês de novembro vamos falar um pouco sobre como a diabetes vem afetando a visão de milhares de pessoas ao redor do mundo. A campanha Novembro Azul, criada pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, tem como objetivo orientar e alertar o homem sobre a importância de cuidar de sua saúde.

O diabetes é uma doença caracterizada pela elevação da glicose no sangue, que podem levar a diversas doenças oculares. Nesse sentido, pessoas diabéticas devem ter uma atenção especial à saúde de seus olhos.

Uma das mais frequentes complicações da diabetes é a retinopatia diabética, uma lesão no olho que pode levar à cegueira permanente.

As complicações causadas pela retinopatia diabética podem ser agravadas quando se tem outra doença como hipertensão arterial, problemas renais ou colesterol alto, por exemplo.

O médico oftalmologista Dr. Antônio Nogueira, diretor técnico do CENOE Hospital de Olhos, explica como são subdivididas as lesões causadas pela retinopatia diabética, “A retinopatia diabética pode ser dividida em dois tipos diferentes, Retinopatia diabética não proliferativa que é o tipo menos grave do problema, uma complicação que apresenta apenas pequenas lesões nos vasos sanguíneos do olho e a Retinopatia diabética proliferativa que é forma mais grave que provoca o surgimento de vasos mais frágeis no olho, que podem romper, piorando a visão ou causando cegueira.” Explica o médico.

Dr.Antônio Nogueira-CREMED 18442

Dr. Antônio também destaca que as alterações da visão causada pela diabetes não tem cura, mas a sua evolução e agravamento podem ser evitados com o uso de alguns tratamentos recomendados por oftalmologistas.

Marcos Paulo Pinheiro

27 anos, graduado em Comunicação Social com habilitação em Rádio e Televisão pela Universidade Estadual de Santa Cruz, tem experiência em Marketing Digital, é Editor e Repórter deste site, foi Produtor, Repórter, Social Mídia e Coordenador Administrativo da Rádio UESC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *