Omissão: Entidades sociais se juntam para salvar vida de criança e Sesau Ilhéus nada fez.

O Ilhéus em Pauta capturou uma postagem feita no perfil do Facebook “De Olho na Câmara de Vereadores de Ilhéus”  no último domingo (8) onde tem a informação que uma criança de nome Leonard teve um problema de saúde que necessitava cuidados urgentes e não houve suporte por parte da Sesau Ilhéus, nem da prefeitura para o fato. Pessoas e entidades como a COESO (Comitê de Entidades Sociais) e a MAS Ilhéus (Movimento Ativista Social) arregaçaram as mangas e foram à luta.

Reprodução

O autor da postagem, João Barros Brasil, o “João Bolsonaro”, contactado pelo Ilhéus em Pauta, deu seu ponto de vista sobre o ocorrido. Ele inclusive é um dos que lutam para que que a saúde de Ilhéus retorne com toda força, e que mais vidas sejam salvas: “O número de leitos foi reduzido apesar da abertura do costa do cacau e a obra do Regional sequer foi licitada. A prefeitura diz que faz reforma dos postos, mas só inicia e deixa os postos fechados, já tem 7 fechados, para assim contratar hospitais particulares e alugar casas para suprir parte da demanda dos postos fechados. O Hospital de Ilheus só para pediatria recebe um milhão e cem mil a cada 3 meses e recebeu de forma muito estranha, todo o maquinário do SUS que estava no regional e até o momento o governo não informou quais máquinas “cedeu” – relatou, indignado.

A criança conseguiu ser transferida para Salvador, com ambiente mais adequado, foi operada e  está em franca recuperação. Até o fechamento da matéria, não conseguimos resposta oficial da Sesau sobre o ocorrido.

O poder público bem como seus representantes, tem espaço garantido no site, para as suas demandas ou questionamentos, se for o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *