Projetos Adotarte e Apadrinhamento Afetivo vão ao ‘Ciranda na Praça’ em alusão ao Dia Nacional da Adoção

O Dia Nacional da Adoção, que transcorre no próximo dia 25 de maio, foi comemorado em Ilhéus pelas equipes do Grupo de Apoio Adoção (Adotarte) e do programa Apadrinhamento Afetivo, que participaram do projeto Ciranda na Praça, realizado dia 19, na Praça Antonio Vianna, no Bairro Cidade Nova. O projeto acontece todo segundo sábado de cada mês.

Com praça cheia, um estande ocupado por famílias que já passaram ou passam pela experiência da adoção, compartilharam brincadeiras, distribuição de brindes, e promoveram a venda de camisas do Adotarte. No mesmo estande foi divulgado também o projeto Apadrinhamento Afetivo, que visa crianças e adolescentes da rede de acolhimento do município e ainda o projeto Construindo Laços, do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia.

Além das equipes dos programas, a juíza da Vara da Infância e Juventude, Dra. Sandra Magali, marcou presença na divulgação dos serviços.  O secretário municipal de Desenvolvimento Social, Rubenilton Silva, também esteve no estande e destacou a importância do Apadrinhamento Afetivo para as crianças e adolescentes dos abrigos locais.

Adotarte – O Grupo de Apoio Adoção surgiu este ano e tem como principais objetivos divulgar a cultura da adoção junto à sociedade, apoiar e preparar as famílias durante o processo de habilitação para adoção e pós-adoção.  É formado por representantes da sociedade civil em conjunto com a Vara da Infância e Juventude da Comarca de Ilhéus e apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS).

Apadrinhamento Afetivo – O projeto é voltado para crianças e adolescentes de idade entre 8 e 17 anos, acolhidos nas instituições de Ilhéus. São três, as modalidades; apadrinhamento afetivo, provedor e prestador de serviços. O projeto é uma realização do Tribunal de Justiça da Bahia, através da Vara da Infância e Juventude, e da Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Os interessados podem entrar em contato pelo telefone (73) 99126-1415, ou comparecer na sede do projeto, situado na Faculdade Madre Thaís, na Avenida Itabuna, nº1491, pavilhão central, sala, 117, de segunda a sexta, das 14h às 18horas.  Os dois programas contam com o apoio das faculdades Madre Thais e de Ilhéus.

Marcos Paulo Pinheiro

27 anos, graduado em Comunicação Social com habilitação em Rádio e Televisão pela Universidade Estadual de Santa Cruz, tem experiência em Marketing Digital, é Editor e Repórter deste site, foi Produtor, Repórter, Social Mídia e Coordenador Administrativo da Rádio UESC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.