Transporte público contará com sistema de integração, garante Governo Municipal

Na manhã desta quarta-feira (28) o assunto tratado no Centro Administrativo, do bairro Conquista foi transporte público, mas precisamente o sistema de integração. Prefeito, secretários, engenheiros, representantes das empresas São Miguel e Viametro e integrantes da Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram). Com o projeto em debate, o entendimento foi unânime: a integração é a saída para o transporte público em Ilhéus.

O encontro contou com o engenheiro Marcos Nerbass, que apresentou o resultado de um estudo sobre o funcionamento do sistema em Ilhéus. Em 2017, definiu como “irracional, desconectado e com graves problemas”. Entendeu que a atual gestão buscava uma eficiência na prestação dos serviços. “O projeto atende a uma preocupação do prefeito Mário Alexandre ao reconhecer que são milhares de usuários que dependem unicamente do transporte público”, frisou.

Enquanto o especialista realizava o estudo na época, a Prefeitura Municipal elaborou um plano de mobilidade urbana estratégico. Foram a campo, as equipes da Sutram, que estudaram o fluxo das principais artérias. Mesmo com as ações pontuais, concluiu que a cidade ainda enfrenta grandes problemas de trafegabilidade, principalmente na zona sul. O governo estima o fim desses problemas quando a nova ponte começar a operar.

Ao apresentar o estudo detalhado sobre a atuação das linhas urbanas, Nerbass adiantou que Ilhéus terá um sistema eficiente de serviços. Ressaltou que a tecnologia dependerá da criação de um Terminal de Integração, que deve substituir o atual Terminal Urbano e ainda um aplicativo para smartphones, e destacou que o sistema respeitará cada localidade com suas especificidades durante as etapas do planejamento.

O terminal – Para a entrada no Terminal de Integração, o usuário deverá continuar apresentando o cartão de passagem. A diferença é que dentro do Terminal, o passageiro também vai receber um tipo de ticket para que possa entrar no ônibus sem contabilizar o tempo de uma hora como nos outros casos. “O próprio terminal terá uma quantidade de linhas suficientes para ir para qualquer destino da cidade, sem a necessidade de integrar durante o trajeto”, disseram os especialistas.

Mais economia – Para o prefeito Mário Alexandre, este é o sonho de toda e qualquer cidade que quer avançar na melhoria da prestação dos serviços à população. “É preciso coragem para enfrentar e isso nós temos. A população que usa o transporte coletivo será beneficiada e sentirá a economia no bolso. Discutiremos com a Câmara Municipal, Conselho de Transporte e com a população sobre a melhoria destes serviços”, arrematou o prefeito.

Voltando para 2017, quando assumiu o governo ilheense, Mário Alexandre assegurou à população ilheense que daria um salto na qualidade dos serviços prestados. Na época ele fez a seguinte afirmação: “O serviço de transporte público do município precisa melhorar e vai melhorar”. Na ocasião, anunciou que o Governo Municipal estudaria a integralização do transporte, com uma permanente renovação de frota e a implantação de uma Estação de Transbordo.

No início deste ano, a Prefeitura melhorou a acessibilidade e mobilidade urbanas, com a regulamentação do uso exclusivo das faixas e vias de trânsito destinadas aos veículos, concessionários e permissionários do transporte público de passageiros. Em parceria com o Governo do Estado, requalificou importantes artérias, entre elas, as avenidas Oswaldo Cruz, Tiradentes, Bento Berilo, Litorânea Norte (nos dois sentidos), Lomanto Junior, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.