Veterinários alertam para surto de cinomose em Ilhéus

Veterinários de Ilhéus estão preocupados com um possível surto de cinomose na cidade, pois os casos não param de surgir diariamente. A doença acomete principalmente animais que têm cerca de 1 ano de vida, mas também pode ser perigoso para cães com idade mais avançada que tenham algum problema em sua imunização.

De acordo com os profissionais, a cinomose é uma doença grave, com uma taxa de mortalidade de 85%, sendo que apenas 15 % dos animais conseguem sobreviver, com sequelas neurológicas.

O vírus é altamente contagioso e por isso os casos aumentam com grande rapidez. É preciso ficar atento para os principais sintomas: vômitos, diarreia,  perda de apetite, andar cambaleante,  convulsões, secreções nasais e oculares.

Os veterinários orientam que os proprietários de cães procurem profissionais de sua confiança para efetuar a vacinação e desta maneira evitar que a doença continue fazendo vítimas.

Cinomose, o que é?

A cinomose é uma doença que atinge especificamente os cães. O vírus tem um grau elevadíssimo de contágio, pois pode sobreviver nos ambientes – principalmente frios e secos – por um longo período de tempo. Já nos locais quentes e úmidos tem em média um mês de sobrevivência. Como é um vírus “invisível” a prevenção é a melhor forma de evitá-lo. A doença atinge vários órgãos do animal e, na maioria dos casos, leva à morte.

Tratamento

Até bem pouco tempo atrás, não havia cura para a cinomose, pois não se conhecia nenhum tratamento e a forma de cuidar dos cães com esta doença era tratar os sintomas, para tentar amenizar a doença com medicamentos para os problemas causados pela cinomose.

Porém, um tratamento com Ribavirina, mais DMSO e Vitamina A tem sido relatado como muito eficaz.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.